sábado, 1 de novembro de 2008

Mapa Astrológico do Solstício de Inverno de 2012

Dado que a data do Solstício de Inverno de 2012 tem sido apontada como a data de transição entre a era actual e a próxima, apresentamos aqui um mapa astrológico dessa data, o qual nos remete para importantes reflexões.

Legenda: mapa astrológico para 21 de Dezembro de 2012, 11h12 GMT, Amesterdão. O padrão planetário será o mesmo para qualquer localização, apenas serão diferentes o ascendente e a divisão das casas.


Em 21 de Dezembro de 2012 o centro da Via Láctea estará a 0 graus do signo Capricórnio do Zodíaco Ocidental. 0 graus de Capricórnio é o ponto do Zodíaco onde o Sol se encontrará durante o Solstício de Inverno. Assim, o Sol estará exactamente no centro da galáxia. De acordo com os Maias, o centro da galáxia é o útero cósmico: o local de morte, transformação, regeneração e renascimento.

Aspectos principais do mapa:

O Sol está a 0 graus de Capricórnio, o ponto do Solstício de Inverno. Faz um sextil com Neptuno, mesmo no início de Peixes. Isto é quase um exacto sextil. A orbe tem menos de meio grau. Este aspecto pode apontar para uma experiência espiritual, uma perda ou ambas.
A configuração mais importante que encontramos no mapa é um Yod. Isto é também chamado o “Dedo de Deus”. No mapa, é parecido com uma seta e indica mudanças e transformações. O Yod consiste em:
- Um quincúncio (aspecto de 150 graus) entre Júpiter e Plutão;
- Um quincúncio entre Júpiter e Saturno;
- Uma oposição central (aspecto de 180 graus) entre Júpiter e a conjunção Mercúrio/Vénus.
Os dois quincúncios são quase exactos, eles têm uma orbe de menos de meio grau. De facto, o quincúncio entre Júpiter e Plutão é exacto em 21 de Dezembro de 2012.

Interpretação do mapa astrológico:

- Plutão é o planeta da transformação radical, morte e renascimento.
- Saturno é o planeta do reino terreno e das experiências de aprendizagem, especialmente as de natureza mais dolorosa.
- Júpiter é o planeta da expansão, é o foco do yod, o planeta que recebe as fortes energias dos outros planetas envolvidos. Também amplia as energias dos outros planetas envolvidos (especialmente Saturno e Plutão). Este yod indica processos de transformação que podem ser dolorosos para muitas pessoas.
Júpiter tem um papel central porque é o foco principal da energia. Isto indica mudanças nos nossos sistemas religiosos, nos sistemas de crenças e nos sistemas filosóficos. Júpiter abrange todos estes aspectos.

- Uma outra configuração notável é uma quadratura em T, com Neptuno como foco central:
- Júpiter faz uma quadratura (aspecto de 90 graus) com Neptuno;
- Neptuno faz uma quadratura com Vénus;
- Vénus opõe-se a Júpiter, esta é a oposição central que activa o yod.
Por isso Neptuno - o planeta da espiritualidade, ascensão, confusão e inundações - é também um planeta crucial neste mapa astrológico.

Podemos assim concluir que algo muito importante a nível mundial acontecerá nesta data…
Nota: mapa astrológico elaborado por Roeland de Looff

3 comentários:

Flavia Tavares disse...

Obrigada, achei muito interessante, e só uma pequena informação, os astrônomos confirmam essa conjunção nessa data exata.

Third_Eye disse...

Olá Flávia, obrigada pelo feedback :)

lua disse...

Muito interessante sua análise. Acredito que um novo ciclo já está se iniciando, estamos vivendo numa época em que as informações estão sendo colocadas em cheque, as pessoas estão se informando mais, estão questionando mais. Acho que haverá sim um grande choque de ideias. Um novo ciclo se iniciará, um ciclo mais filosófico, mais questionador, mais poético, mais crítico, mais espiritualizado, mais diversificado e muito mais informado. Vamos sair da inércia, um grande vulcão de ideias está pronto pra entrar em erupção!